Presidente da República Portuguesa recebeu enviado do Presidente russo Dmitry Medvedev

O Presidente da República recebeu, em audiência, o enviado do Presidente da Federação Russa, Dmitry Medvedev, Embaixador Dmitry Rogozin. Durante o encontro foram discutidos os assuntos da parceria entre a Rússia e a NATO.

Extracto da entrevista do Embaixador da Rússia junto à NATO Dmitriy Rogozin ao jornalista da “Voz da Rússia” em Lisboa

“Porque cheguei a Portugal? Aqui há várias razões. Em nome do presidente, visito todas as capitais dos países membros da NATO. E sempre o lado russo apresenta argumentos fundamentados. Vou notar que em nenhum lugar o ponto de vista da Rússia não encontra objeções. Ninguém diz - não. E eu acho que o número de contatos em breve deverá se transformar em qualidade. A segunda razão pela qual vim para Portugal é que este país é um pouco afastado de um possível teatro de operações militares ou de um ataque de mísseis. Portanto, há uma possibilidade que políticos portugueses encontrem forças e que sejam mais objetivos, discutindo o problema, avaliando os riscos e ameaças, dirigidas contra o continente europeu. E a terceira razão é a mais importante. Há um ano, tinha ocorrido aqui uma cimeira Rússia-NATO, que adoptou decisões sobre uma possível colaboração para criar um sistema de defesa antimísseis conjunto, para entrar na parceria estratégica entre a NATO e a Rússia.Dmítri Rogozin acredita que a liderança de Portugal tem uma responsabilidade especial de assegurar que as decisões tomadas na capital do seu país, sejam realizadas na íntegra».

Ver o texto completo da entrevista